Fórum Açores Bio associou-se à Feira Agrícola 2022

27/06/2022
Capa
O 2º Fórum da Agro-pecuária biológica - Açores Bio 22 - associou-se à Feira Agrícola Açores que decorreu em São Miguel entre os dias 17 e 19 de junho, com eventos de informação, promoção e divulgação do modo de produção biológico. 

No decorrer da feira esteve presente uma exposição permanente que permitiu aos inúmeros visitantes que acorreram ao evento contactarem com o trabalho desenvolvido e trocar experiências e informações com os organizadores do fórum e representantes das organizações de produtores e consumidores de Agricultura Biológica da Região Autonómica dos Açores. 

Especialmente destinados às crianças decorreram, nos dias 18 e 19, no espaço destinado ao público infantil do Centro de Educação Ambiental da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, no recinto da Feira, três edições do ‘workshop’ intitulado “A sementinha que queria ser gigante” que, através de uma história contada de forma interativa, procurou sensibilizar o publico mais jovem para a importância da proteção do solo e dos seres vivos.

Na manhã do dia 19 de junho, realizou-se o seminário “Agropecuária Biológica: um caminho para a autonomia alimentar”, que contou com os testemunhos da produção biológica de quatro ilhas e se discutiram desafios que se colocam atualmente ao setor a nível nacional e regional. 

Este evento contou com a presença de seis oradores: Jaime Ferreira, presidente da Agrobio – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, fundada em 1985, que apresentou a sua perspetiva relativamente ao panorama atual da agricultura biológica em Portugal e na Europa; Elisabeth Domingues, representando a Unicol, com uma palesta sobre a importância do maneio das pastagens na produção de leite, com dados recolhidos junto de produtores biológicos dos Açores; Rui Calouro, apresentando a aposta da Bel Açores no desenvolvimento do leite e lacticínios biológicos Terra Nostra, produzidos na ilha de São Miguel; Raquel Vargas, que apresentou o projeto Biokairos, que decorre também na ilha São Miguel e integra a produção biológica numa perspetiva de integração social; Miguel Sequeira da Make it Happen Farm, com produção biológica associada ao turismo na ilha de São Jorge e Julien Floro da Myrica Faial, produtor de frutas e hortícolas na ilha do Faial, que combina diferentes técnicas e correntes de produção numa perspetiva de proteção do meio ambiente e em especial do solo e da água. 

A assistir ao seminário estiveram mais de meia centena de pessoas que puderam colocar questões e apresentar sugestões junto dos oradores, mas também de entidades oficiais representativas da Secretaria Regional de Agricultura e do Desenvolvimento Rural, entre as quais o Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, o Diretor Regional da Agricultura e o Diretor do Serviço de Desenvolvimento Agrário de São Miguel que fizeram questão de acompanhar o momento. 

O seminário contou com transmissão online através do Facebook da Feira Agrícola e do Forum Bio22, mantendo-se disponível para visualização nesses canais.

No final deste evento os participantes inscritos no seminário contaram com um almoço Bio servido na Sala de Produtos Qualificados dos Açores, onde degustaram uma refeição elaborada com produtos biológicos da Região.

O Fórum da Agropecuária dos Açores é uma iniciativa conjunta do Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural e do Movimento Associativo do setor aqui representado por Trybio – Associação de Produtores e Consumidores de Agricultura Biológica, BioAzorica – Cooperativa de Produtores Biológicos e Federação Agrícola dos Açores.

Tem como objetivos promover uma discussão alargada sobre agricultura e pecuária biológicas juntando produtores, técnicos, investigadores e consumidores, associações e cooperativas, indústria, distribuição, comércio e serviços públicos e privados, assim como criar uma rede regional de cooperação, conhecimento e capacitação.

Pretende ainda divulgar a investigação e fomentar a inovação, quer na agricultura biológica, quer na transformação e valorização dos respetivos produtos, assim como sensibilizar, informar, formar e capacitar para o modo de produção biológico.

O Fórum visa também apresentar e promover os produtores e produtos biológicos dos Açores; incentivar a autonomia alimentar, a economia circular, a bio economia, os circuitos curtos de comercialização e promover a qualidade do ambiente, de vida, a saúde, a prevenção e o combate à doença e o equilíbrio social.

O Fórum da Agropecuária dos Açores quer, no fundo, contribuir para mitigar os grandes desafios globais como as alterações climáticas e as crises sanitárias.

No seguimento do balanço positivo do primeiro Fórum, que contou com 36 eventos que abrangeram mais de mil intervenientes presencialmente, para além do alcance online, as entidades organizadoras decidiram avançar com uma 2ª edição no ano 2022. 

Face aos tradicionais desafios de abastecimento alimentar humano e animal numa Região arquipelágica e ultraperiférica, agravados com os desafios da pandemia por Covid-19 e da Guerra na Ucrânia, o 2.º Fórum é dedicado ao tema “Um caminho para a autonomia alimentar”.

Esta segunda edição teve o seu início no mês de maio, com atividades integradas na Feira Agrícola e Comercial do Faial e com a visita à Região de uma Comitiva da International Network of Eco-Regions (Bio-Regiões) que se deslocou às ilhas Faial e Flores e desenvolveu diversos contactos e ações de sensibilização junto de representantes dos municípios, produtores e população em geral. 

Neste momento, esta segunda edição já visitou as ilhas Faial, Flores e São Miguel, estando prevista para os próximos dias 1 a 3 de julho a visita do Fórum à Terceira com a realização de uma Biofeira no Parque de Exposições da Vinha Brava em Angra do Heroísmo. 

Os interessados em obter mais informações ou participar nos eventos podem contactar a organização através do endereço eletrónico forumbio@azores.gov.pt, pelo contato telefónico 292208800, ou através das redes sociais Facebook e Instagram.